Como andam dizendo muito no twitter, este Inter-bairros sem freio está passando por cima de todo mundo!

Novamente o Coritiba foi implacável contra seu adversário, desta vez o Rio Branco de Paranaguá. Como de costume, o Coritiba rapidamente já abriu o placar com vantagem de no mínimo 2 gols, e deu uma segurada no jogo. O Rio Branco tentou, fez 1, tentou de novo, empatou, feito que poderia ser considerado heróico, pelo fato de ter empatado com o clube sensação do momento e que atropela todos. Na hora em que o Rio Branco empatou, comentei com minha esposa “eles poderiam sair daqui hoje sem passar vergonha, cutucaram a onça com vara curta”. Minha opinião é de que o Coritiba embalou mais depois do empate nem tanto pelo empate em si, mas pelo fato do jogador do Rio Branco chegar ao ponto de mandar a torcida calar. Rapaz, ninguém segurou o “inter-bairros sem freio” depois, o Coritiba veio pra cima do leão feito um bonde, atropelando. Que isto sirva de lição aos próximos adversários do Coxa, se empatar ou sair ganhando, não queiram fazer gestinho de silêncio, pois estará cutucando uma Onça muito brava com vara curta, e vão tomar goleada. O rio Branco sofreu na pele a ira.

Nome do jogo: Rafinha

O Cara do jogo: Anderson Aquino

Obs. Todos os nossos atacantes marcaram, e andam rendendo muito. Vou com a opinião do Ricardo Honório, do Coxanautas, será que precisamos de reforços atacantes?

Mídia

VÍDEOS

– Davi

– Pereira

– Anderson Aquino

– Anderson Aquino

– Bill

– Leonardo

AUDIO

Narração dos gols pela 98FM

Narração dos gols pela Banda B

FOTOS

Futebolparanaense.net

BLOG – A Torcida que Nunca Abandona

LOS 3 INIMIGOS – POR TIAGO RECCHIA

BLOGS E COLUNAS

Falando de bola – Ricardo Honório

Luiz Augusto Xavier

Aírton Cordeiro

Carneiro Neto

Blog da Torcida que nunca abandona – Luiz Carlos Betenheuser Jr.

Anúncios